Pesquisa propõe método eficiente de amostragem de solos agrícolas para monitoramento do Carbono

Foto: Alfredo Luiz

Área de pesquisa

O método de amostragem de solos agrícolas, crucial para correção e fertilização, há muito é conhecido e utilizado pela comunidade agrícola brasileira. O país, com suas práticas eficientes, tem registrado índices de produtividade crescentes em diversas culturas. No entanto, diante das crescentes preocupações com as mudanças climáticas, afetadas pelos gases de efeito estufa, uma nova questão emergiu: qual método é mais adequado para amostrar os solos agrícolas e determinar o conteúdo de carbono estocado?

Pesquisadores da Embrapa Meio Ambiente conduziram um estudo explorando a relação entre a amostragem do solo e a variabilidade das estimativas de estoque de carbono. Segundo Alfredo Luiz, pesquisador da Embrapa Meio Ambiente, o estudo concluiu que, para estimar o estoque de carbono até os 30 cm, um tamanho amostral de 9 pontos de coleta por talhão agrícola homogêneo (de até 50 hectares) se mostrou suficiente, garantindo uma precisão igual ou menor que 10% de coeficiente de variação na estimativa média.

"Os resultados desse estudo visam contribuir para a criação de um protocolo que permita o monitoramento preciso do carbono no solo. Essa etapa é fundamental para a participação do setor agrícola no tão aguardado mercado de carbono, proporcionando uma base sólida para avaliar e mitigar as emissões de gases de efeito estufa através das atividades agrícolas", destaca Luiz.

Quando dados pontuais precisos estiverem disponíveis, será necessário complementá-los com informações sobre a distribuição espacial das lavouras e a área ocupada por elas. Essas informações são essenciais para extrapolações que possibilitarão o acompanhamento nacional dos estoques de carbono. Grande parte desses dados será obtida no próximo Censo Agropecuário do IBGE, o décimo segundo a ser realizado no Brasil, já em fase de planejamento e discussão pela comunidade envolvida na geração e análise de dados. A expectativa é que a iniciativa contribua significativamente para a construção de uma abordagem mais sustentável e consciente no setor agrícola brasileiro.

Escola de Amostragem e Métodos de Pesquisa - VI Esamp

Em novembro de 2023, na Universidade Estadual de Campinas - Unicamp, foi realizada a sexta edição da Esamp. O evento teve a finalidade de congregar estatísticos, pesquisadores, estudantes e profissionais das universidades e de organizações produtoras de informação estatística, e usuários destas informações na academia, governo e indústria, para apresentar e discutir os mais recentes desenvolvimentos em planejamento amostral, métodos de pesquisa e análise de dados de levantamentos amostrais.

Segundo Luiz, foi uma oportunidade única para que os participantes se atualizassem quanto às melhores práticas para planejar, produzir, disseminar e analisar dados provenientes de fontes amostrais.

O trabalho está disponível nos anais do evento, que contou também com os pesquisadores Cristiano Andrade e Ruan Carnier.

Cristina Tordin (MTB 28499/SP)
Embrapa Meio Ambiente

Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF
Bio Caldo - Quit Alimentos
Canaã Telecom