Trem Republicano faz aniversário e comemora o melhor ano desde a inauguração

 

 


Passeio férreo do interior paulista fecha 2023 com aumento de 50% no fluxo de passageiros em relação ao ano anterior

O Trem Republicano, que faz o trajeto entre as cidades de Itu e Salto, em São Paulo, fecha o ano com 30 mil passageiros embarcados, número 50% maior que em 2022. A previsão é chegar à marca de 65 mil visitantes até 2025. Um atrativo Inaugurado em  dezembro de 2020, que aos poucos tem se consolidado como opção de passeio regional.

“Desde o início nós acreditamos no potencial turístico da região. Itu e Salto ficam perto de aeroportos, possuem uma rede hoteleira completa, com resorts e opções para diversos públicos, além de uma população de cerca de três milhões de pessoas no entorno”, afirma Adonai Aires de Arruda, presidente do Trem Republicano.

História, religião, monumentos e gastronomia

O Trem Republicano oferece um passeio de 7km pelo trecho urbano entre Itu e Salto. A linha férrea é paralela às duas rodovias, cruza o Rio Tietê em um trecho quase sem poluição e cruza outra ferrovia, responsável pelo transporte de cargas. Nos vagões, os visitantes são acompanhados por guias, que contam a história da ferrovia, e por artistas que fazem performances durante o trajeto, que dura cerca de uma hora.

A linha passa também pelo Monumento à Nossa Senhora do Monte Serrat, uma estátua de 38 metros de altura, ponto de encontro de turistas e romeiros de várias partes do país. Outro atrativo curioso é o Rio Tietê, que no local já sofre com a poluição, mas ainda reserva beleza e entretenimento para os visitantes.

A região possui prédios centenários, igrejas tombadas e se destaca por ter sido o berço da República do Brasil. Isso porque a cidade de Itu foi palco, em 18 de abril de 1873, da Convenção de Itu, a primeira reunião oficial dos republicanos, responsáveis pelo fim do Império no Brasil. 

Um dos fatos mais curiosos dessa história é que a ferrovia Ytuana foi determinante para a escolha da cidade como sede do evento. Todos os fatos envolvendo esse período histórico são contados pelos guias dentro dos vagões do Trem Republicano. “A ideia é proporcionar, além da experiência férrea, uma verdadeira imersão histórica, regional e surpreender as pessoas”, garante Arruda.

Além do passeio de trem, as estações do Trem Republicano contam com dois restaurantes, que operam com gastronomia diferenciada e o prato típico da região, a Parmegiana. “Temos os restaurantes Stazione de Itu e Salto, cada um com uma proposta diferente, que abrem independentemente do funcionamento do trem. A ideia é transformar as estações em pontos de encontro”, completa.

 

Consolidação como atrativo local

 

O Trem Republicano foi inaugurado dia 19 de dezembro de 2020, em plena pandemia. Por isso, o negócio sofreu durante dois anos os impactos das restrições sanitárias. “Em 2021 a previsão era realizarmos 600 viagens e só foram possíveis 62”, contabiliza o presidente do empreendimento.

De acordo com ele, o trem começou a operar normalmente apenas na segunda metade de 2022. “Podemos dizer que 2023 foi o primeiro ano de 100% de funcionamento do Trem Republicano e foi um período de rápido crescimento no fluxo de passageiros e consolidação de marca”.

 

 Sobre o Trem Republicano

O Trem Republicano é operado pela Serra Verde Express, já reconhecida pelo sucesso do passeio ferroviário entre Curitiba e Morretes. O grupo traz consigo uma rica experiência cultural e histórica, com mais de 26 anos de operação e transportando mais de três milhões de passageiros. O passeio de trem pela Serra do Mar Paranaense já recebeu prêmios nacionais e internacionais, sendo reconhecido pelo jornal The Guardian como um dos 10 passeios de trem mais espetaculares do mundo. www.tremrepublicano.com.br.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF
Bio Caldo - Quit Alimentos
Canaã Telecom