Governo de Goiás une forças com entidades de saúde para diminuir mortes por dengue

Parceria foi firmada com representantes do Cosems-GO, AHPaceg, Cremego e Sociedade Goiana de Pediatria (Foto: Iron Braz)
Parceria foi firmada com representantes do Cosems-GO, AHPaceg, Cremego e Sociedade Goiana de Pediatria (Foto: Iron Braz)

Por Hosana Alves - Agência Cora Coralina

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES), se reuniu com entidades representativas da área da saúde para discutir ações de prevenção e manejo dos casos de dengue, chikungunya e zika, doenças transmitidas pelo Aedes aegypti em Goiás.

A parceria entre a SES-GO e as entidades foi definida durante reunião do Gabinete de Crise para Combate às Arboviroses realizada na manhã desta terça-feira (23/01), com representantes do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado de Goiás (Cosems-GO), Associação dos Hospitais Privados de Alta Complexidade do Estado de Goiás (AHPaceg), Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego) e Sociedade Goiana de Pediatria.

O Gabinete de Crise para Combate às Arboviroses constitui uma estratégia do Governo de Goiás para minimizar a infestação do Aedes aegypti no território goiano e reduzir de forma considerável os índices de morte por dengue.

Até o momento, o estado, por meio da SES-GO, estruturou o gabinete em 91 municípios considerados vulneráveis, onde o número de casos de dengue atingiu o limite aceitável em proporção ao número de habitantes.

Conhecimento e qualificação

O secretário de Estado da Saúde de Goiás, Sérgio Vencio, assinalou, durante a reunião, que a união de esforços com as entidades da área da saúde é fundamental para atenuar a gravidade dos casos de dengue em todo o Estado, na medida em que proporciona ainda mais conhecimento científico e qualificação aos atendimentos.

O superintendente de Planejamento da SES, Rasivel dos Reis Santos, acentuou que os gabinetes farão a gestão contínua da crise e que a parceria com as entidades da área da saúde vai possibilitar que aconteça o menor índice possível de mortalidade por dengue.

Durante a reunião, ficou acertado que equipes do Cremego vão participar das atualizações dos profissionais de saúde dos municípios sobre manejo clínico para os casos de dengue. Também ficou viabilizada a realização de lives sobre a assistência ao público infantil e fluxos de atendimento, com a participação de representantes da Sociedade Goiana de Pediatria.

Estiveram presentes na reunião a presidente do Cosems-GO, Patrícia Palmeira de Brito Fleury; o presidente da Ahpaceg, Haikal Helou; o primeiro vice-presidente do Cremego, Rafael Cardoso Martinez; a presidente e a secretária-geral da Sociedade Goiana de Pediatria, Valéria Granieri e Juliana Melgaço.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF
Bio Caldo - Quit Alimentos
Canaã Telecom