Turismo rural em Brasília é ótima opção durante o Carnaval

O turismo rural em Brasília também destaca-se pelo compromisso com a sustentabilidade e a preservação ambiental | Fotos: Divulgação/Setur-DF
O turismo rural em Brasília também destaca-se pelo compromisso com a sustentabilidade e a preservação ambiental | Fotos: Divulgação/Setur-DF

Longe da agitação, a calma do Cerrado na capital federal é escolha para quem quer fugir do agito


Agência Brasília* | Edição: Igor Silveira

Brasília já faz parte do circuito de Carnaval nacional, recebendo grandes shows e os tradicionais blocos de rua. No entanto, há outra alternativa para aqueles que preferem a tranquilidade. O turismo rural surge como uma opção, proporcionando aos visitantes uma experiência relaxante, longe da agitação.

O miniguia, elaborado pela Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF) em parceria com a Associação Viva Lago Oeste, apresenta a Rota Turística do Lago Oeste, que reúne opções de hospedagem, passeios, gastronomia, descanso e lazer na região, que fica a 22 km do centro de Brasília. A Região Administrativa de Sobradinho abrange uma área situada entre a Reserva Biológica da Contagem e o Parque Nacional de Brasília.

Destaca-se o Núcleo Rural Lago Oeste, que oferece natureza, cultura e turismo, sendo notável na Rota Lago Oeste, parte da Coleção Rotas Brasília, promovida pela Setur-DF. Nas diversas propriedades da região, os visitantes têm a oportunidade de explorar trilhas e cachoeiras, além de realizar visitas a cultivos locais, desfrutando da rica gastronomia regional.

"Não precisa sair de Brasília para ter uma experiência com a natureza; é possível encontrar refúgio nas cachoeiras, nos parques e nas propriedades rurais que cercam a nossa capital. Neste período de Carnaval, Brasília está preparada para receber os foliões que procuram a diversão pelas ruas da cidade e também os visitantes que preferem um Carnaval de descanso", reforça o secretário de Turismo, Cristiano Araújo.

Um miniguia foi elaborado pela Setur-DF em parceria com a Associação Viva Lago Oeste, para apresentar a Rota Turística do Lago Oeste
Um miniguia foi elaborado pela Setur-DF em parceria com a Associação Viva Lago Oeste, para apresentar a Rota Turística do Lago Oeste

O turismo rural em Brasília também destaca-se pelo compromisso com a sustentabilidade e a preservação ambiental. Muitas propriedades adotam práticas ecológicas, promovendo a consciência ambiental e educando os visitantes sobre a importância da preservação.

Para o presidente do Sindicato de Turismo Rural do DF (RuralTur), Fernando Mesquita, o DF e Entorno apresentam a melhor rede de Turismo Rural, atuando dentro de um turismo rural inteligente, pois conta com 90% das suas rodovias asfaltadas e bem sinalizadas, uma rede de telefonia móvel de excelência, equipamentos turísticos bem estruturados, protocolos de segurança e boas práticas sendo respeitados.

"Por oferecer tanta diversidade e riqueza, o turismo rural do DF vem se destacando no cenário nacional como um turismo sustentável, social e inclusivo, crescendo de forma positiva após a pandemia. Na agenda de 2024, o Ruraltur estará trabalhando para conscientizar e ajustar a adaptação e estruturação dos equipamentos turísticos de acordo com a agenda 20/30, em respeito às 17 ODS da ONU", finaliza o presidente.

Muitas propriedades adotam práticas ecológicas, promovendo a consciência ambiental e educando os visitantes sobre a importância da preservação
Muitas propriedades adotam práticas ecológicas, promovendo a consciência ambiental e educando os visitantes sobre a importância da preservação

Locais como a Floresta Nacional de Brasília, Salto do Tororó, Zoológico de Brasília, Parque da Cidade Sarah Kubitschek, a Chapada Imperial, Jardim Botânico, entre outros, são alternativas para o período carnavalesco.

Outras opções

A Setur também conta com roteiros destinados a quem procura retiro espiritual, místico, com diferentes manifestações culturais, doutrinas e religiões, disponíveis no guia Rota da Paz.

Os visitantes contam com informações sobre lugares como a igreja Nossa Senhora de Fátima (307/308 Sul), tombada em 2007 como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional; o Santuário Dom Bosco (702 Sul) e a Catedral Metropolitana, projeto de Oscar Niemeyer inaugurado em 1970. Considerada um marco da arquitetura moderna, seus vitrais, assinados pela artista plástica Marianne Peretti, dão um tom celestial.

O Templo da Boa Vontade também está presente nas rotas da secretaria e neste feriado preparou uma programação especial. "Os ambientes do templo estarão abertos todos os dias, das 8h às 20 horas, com exceção da nave, um ambiente principal que fica aberto 24 horas para receber os peregrinos", informa o diretor do Templo, Paulo Medeiros.

Reestruturação das Rotas

As Rotas seguirão o conceito de Eixos Temáticos, divididos em 6 temas: Fé, Arquitetônico e Design, Natureza, Cívico, Cultural e Experiências. Esses Eixos serão transformados em roteiros turísticos consolidados, entregues à população como produtos.

*Com informações da Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF
Bio Caldo - Quit Alimentos
Canaã Telecom