Governo de Goiás intensifica inscrições do Aluguel Social em 5 municípios

Aluguel Social é um benefício de R$ 350 concedido, por 18 meses, para famílias em vulnerabilidade social e que não possuem casa própria (Foto: Octacílio Queiroz)
Aluguel Social é um benefício de R$ 350 concedido, por 18 meses, para famílias em vulnerabilidade social e que não possuem casa própria (Foto: Octacílio Queiroz)

A Agência Goiana de Habitação (Agehab) está com inscrições abertas do programa Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social em Caldas Novas, Morrinhos, Jataí, Ouvidor e Mineiros.

"Essas cidades terão sua primeira entrega do Aluguel Social. É uma grande chance para sair do aperto", alerta o presidente da Agehab, Alexandre Baldy.

As inscrições podem ser feitas diretamente no site da Agehab. Quem não tiver acesso à internet ou apresentar dificuldade para efetivar a inscrição pode procurar uma agência do Vapt-Vupt ou o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de sua cidade.

"Contamos com a parceria das prefeituras para dar esse suporte às famílias que precisam", informa o presidente da Agência.

Os principais critérios para receber o benefício são: cadastro atualizado no CadÚnico, morar há pelo menos três anos no município em questão e não ter imóvel próprio.

REQUISITOS ESPECÍFICOS

Além dos critérios acima, é preciso atender a pelo menos um dos seguintes requisitos específicos:

Estar em situação de superendividamento, residir em moradia improvisada, mulher em situação de violência, idoso, deficiente, família só com pai ou só com mãe, ter se inscrito para imóvel de programa habitacional no estado e não ter sido contemplado (é preciso estar no sistema da Agehab), ter cadastro em programas sociais do Governo de Goiás, ser bolsista do Probem ou estudante da UEG. Lembrando que basta comprovar um destes itens, além dos requisitos gerais, já citados.

ALUGUEL SOCIAL

O Aluguel Social tem capacidade de beneficiar 40 mil famílias ao mesmo tempo. Hoje o programa já está em 84 cidades, sendo que 37 delas estão com inscrições abertas no momento. O recurso mensal de R$ 350 é concedido por 18 meses. Depois que se inscreverem, os interessados devem aguardar a convocação para entregar a documentação.

MUNICÍPIOS COM INSCRIÇÕES ABERTAS

Neste momento, 37 municípios estão com inscrições abertas. São eles: Abadia de Goiás, Alto Paraíso de Goiás, Americano do Brasil, Caçu, Caldas Novas, Caldazinha, Ceres, Cidade Ocidental, Divinópolis, Goianésia, Hidrolândia, Inhumas, Itumbiara, Jaraguá, Jataí, Luziânia, Mara Rosa, Matrinchã, Mineiros.

Também seguem com inscrições abertas os municípios de Monte Alegre de Goiás, Morrinhos, Mozarlândia, Niquelândia, Nova América, Nova Roma, Novo Gama, Ouvidor, Paraúna, Piranhas, Planaltina, Pontalina, Santo Antônio do Descoberto, São João D'Aliança, Serranópolis, Trindade, Uruaçu e Valparaíso de Goiás.

Editado por Hosana Alves via Agência Goiana de Habitação (Agehab) - Governo de Goiás

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF
Bio Caldo - Quit Alimentos
Canaã Telecom