Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

Página não encontrada

Início



Os principais motivos que levam uma pessoa a se aventurar pelos horizontes do empreendedorismo são, em geral, conquistar a independência financeira, a flexibilidade de tempo, fugir da monotonia, e exercer sua paixão pela área em que pretende atuar



Os principais motivos que levam uma pessoa a se aventurar pelos horizontes do empreendedorismo são, em geral, conquistar a independência financeira, a flexibilidade de tempo, fugir da monotonia, e exercer sua paixão pela área em que pretende atuar.

Na prática, o sonho de muita gente é deixar de lado a vida de empregado, e ir para o outro lado da mesa, e, na visão do administrador de empresas, palestrante e coach nas áreas de liderança, transição de carreiras e atingimento de metas, Leandro Miranda, as pessoas que optam por empreender não somente fazem uma escolha profissional, mas sim, enxergam o mundo sob uma ótica completamente diferente do senso comum.

Segundo ele, quando essas pessoas decidem empreender, antes de abrirem seus próprios negócios, já encontram a primeira dificuldade nessa tomada de decisão: o julgamento em massa, inclusive de pessoas que as amam, sobre um pré-conceito que empreender é uma tarefa muito arriscada. “Não é por “maldade” ou outros sentimentos ruins. Para quem acredita que arrumar um bom emprego é sinônimo de segurança, empreender é completamente o contrário. Por isso, na ótica de algumas pessoas essa é uma “péssima escolha”, diz ele em entrevista exclusiva ao Portal Dedução, onde explica ainda os principais desafios para quem pretende seguir este caminho e como a Contabilidade auxilia no processo.

Acompanhe:

Quais são os principais passos para quem quer empreender?

Independentemente do segmento, podemos utilizar esses primeiros passos como um norte: I – Empreender no que gosta de trabalhar; II – Saber qual “dor”, ou seja, qual necessidade do seu cliente você irá atender (isso precisa estar muito claro, tanto para o empreendedor quanto para o mercado consumidor); III – Ter um plano de negócios muito bem estruturado, que pode inicialmente ser um Canvas (ferramenta facilmente encontrada na internet), e depois ser aprofundado, conforme o avanço do projeto; IV – Se conectar com pessoas que já empreendem em seu segmento e buscar modelá-las; V – Estudar bastante; e VI – Fazer networking! Muito networking! Se dedicar a conhecer e ser conhecido por todo o ecossistema de empreendedores de sua cidade e região.

Empreender é uma tarefa fácil?

A resposta é não! Empreender não é uma tarefa nada fácil. Porém, pode ser mais simples do que parece, desde que o candidato a empreendedor tome algumas precauções, tais como ter muito bem definido o que quer fazer e onde quer chegar. Mas, não só saber “da boca pra fora”. Isso precisa estar muito bem descrito em um plano de negócios. Começando assim, a possibilidade de dar certo já aumenta bastante.

Por que, para muitos, o empreendedorismo no Brasil é sinal de insegurança?

Empreender é um desafio e precisa de resiliência, seja no Brasil ou em qualquer parte do mundo. Mas, em nosso País, ainda esbarramos na cultura da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, a qual ainda é muito cultivada pelas gerações mais antigas, além de geralmente faltar apoio das pessoas mais próximas a nós. Outras dificuldades são as altas cargas tributárias e a enorme burocracia para o acesso à incentivos financeiros. Sem contar a falta de credibilidade dos políticos brasileiros, o problema da corrupção e o histórico desanimador de que cerca de 80% das empresas abertas no Brasil fecham suas portas em até dois anos, segundo pesquisas do Sebrae.

No aspecto do empreendedorismo, o que é segurança financeira para você?

Segurança financeira, para mim, é um negócio que gere renda recorrente em um mercado seguro, onde o empreendedor possa investir seus lucros excedentes e colher renda residual. O resto, bem, para mim é só especulação.

Qual é o segredo para que um empreendimento dê certo?

Não existe segredo, e sim muito trabalho e dedicação por parte do empreendedor que estiver à frente do negócio! Mas, claro que é necessário sempre ter um planejamento claro das ações (de preferência um plano de negócios contemplando todas as etapas), muita resiliência e um desejo ardente de fazer algo que gere valor na vida das pessoas. Essas características ajudam – e muito.

Como a Contabilidade pode ajudar os novos empreendedores?

A Contabilidade é uma enorme parceira para todos os empreendedores, pois os ajuda a entender os números dos negócios e cumprir as legislações vigentes no que tange suas ações. Sem o trabalho de um contador, o empreendedor dificilmente conseguirá prosperar em seu negócio.

Qual é a importância dos empreendedores manterem uma relação de confiança com os seus contadores?

É de extrema importância esta relação, pois estamos falando da geração e análise de indicadores que, quando bem analisados, são muito bem aproveitados para tomada de decisões estratégicas, inclusive, com a sinalização do contador para com o empreendedor nos casos necessários.

A seu ver, quais são os principais entraves para que uma empresa não dê certo no Brasil?

Primeiramente, cito a falta da cultura do empreendedorismo em nosso País, onde seria necessário ensinar ao povo brasileiro o empreendedorismo desde a o ensino básico. Há também pouca assistência e fomento do governo para com os micro e pequenos empresários, (que, cabe ressaltar, são os maiores empregadores do País). É um absurdo de burocracia para o incentivo financeiro chegar nas mãos de quem precisa, de fato. E, claro, a carga tributária para o empresariado, como, por exemplo, o alto custo para se ter um funcionário. O cenário, às vezes, é tão desanimador que conheço pessoas que decidiram fechar a empresa e serem funcionários, pois, teoricamente, dá muito menos trabalho.



Fonte:
Leave A Reply

Blog do Paulo Roberto Melo

[name=Blog do Paulo Melo] [img=https://2.bp.blogspot.com/-SMQa2r91n1w/WxcuM5dFiAI/AAAAAAAAHbE/-xMkvHecaMMxZr2u27V4lWwHMKY6IgyqgCK4BGAYYCw/s0/BLOG-DO-PAULO-MELO-ELEI%25C3%2587OES-2018.png] [description=Sou formado em Gestão Pública pela UCDB e Gestão Empresarial na UNIPLAN, já cursei Ciência Política na UDF, trancando no 3° período. Também cursei Ciências Contábeis na UPIS.Tenho pos graduação em Gerenciamento de Projetos pela Uniandrade e MBA em Marketing pela FGV..] (facebook=Facebook.com) (twitter=Twitter.com) (instagram=Instagram.com) (bloglovin=Blogvin.com) (pinterest=Pinterest.com) (tumblr=Tumblr.com)