-->

Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display

404

Página não encontrada

Início

Estudo publicado na revista médica European Journal of Cancer avaliou comportamentos reprodutivos em pacientes com Síndrome de Li-Fraumeni 

Existe no Brasil um grupo de pessoas, cerca de 0,3% da população do Sul e Sudeste do País, que tem uma alteração no DNA que predispõe o aparecimento de tumores, como câncer de mama em mulheres jovens, sarcomas e cancer infantil. Essas pessoas são portadoras da Síndrome de Li-Fraumeni (SLF), caracterizada pela ocorrência de tumores a partir de uma idade muito precoce.

Dado a idade precoce e alta incidência de câncer de mama nessa população, cientistas estudaram mais a fundo os fatores reprodutivos e riscos em mulheres com SLF. O resultado desse trabalho foi publicado recentemente na revista médica European Journal of Cancer, realizado pelo National Cancer Institute, nos Estados Unidos, e foi coordenado pela Dra. Maria Isabel Achatz, pesquisadora do Instituto de Ensino e Pesquisa e coordenadora da Unidade de Oncogenética do Centro de Oncologia do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. "No encontro de adolescentes com SLF, uma moça de 18 anos me perguntou se tomar anticoncepcional aumentaria seu risco para ter cancer de mama", explica a médica. "Como não havia resposta para esta pergunta na literatura médica, conduzimos uma análise de dados em pacientes com a síndrome e descobrimos comportamentos importantes que podem influenciar no risco do câncer de mama."

Esse foi o primeiro estudo que avaliou o risco de fatores reprodutivos em pacientes com SLF. O mais importante achado dessa análise foi que a amamentação por pelo menos 7 meses reduz em 49% o risco do câncer de mama nesse grupo de pacientes. "Mulheres que tem filhos e são portadoras dessa síndrome devem priorizar a amamentação", explica Dra. Maria Isabel.

A pesquisa avaliou 152 mulheres com a síndrome, sendo que, dessas, 85 já tinham apresentado câncer de mama, ou 56% do total analisado. A médica explica que os tipos mais frequentes de tumores de mama diagnosticados nessas pacientes eram hormônio positivos e HER2 positivos. Não há dados que apontem para alterações em resposta ao tratamento nessas pacientes. Ou seja, elas eram tratadas da mesma forma que mulheres que não apresentam a síndrome e as respostas às intervenções clínicas foram iguais à população geral.

Dados preliminares desse estudo apontam também para uma possível redução do risco de câncer de mama em mulheres com SLF que tem o primeiro filho em idade jovem. "A população analisada não era grande o suficiente para confirmar esses riscos, por isso, trata-se apenas de fatores indicativos preliminares, que ainda precisa ser confirmados em um grupo maior de pacientes", informa.

A Síndrome de Li-Frauleni é caracterizada por mutações no gene TP53. Esse gene é responsável pela produção da proteína p53. Essa proteína tem importante papel de supressão tumoral. Por isso, o p53 é chamado de "guardião do genoma".

"Portadores de alterações no gene TP53 devem receber o aconselhamento genético e realizar exames especificos anualmente visando a redução de risco por geneticistas para poder adotar comportamentos preventivos", explica Dra. Maria Isabel. Por isso, complementa a médica, é fundamental conhecer melhor como os fatores reprodutivos podem ajudar a reduzir o risco de câncer de mama, que é um dos tipos mais frequentes em mulheres portadoras dessa síndrome.


Leave A Reply

Blog do Paulo Roberto Melo

[name=Blog do Paulo Melo] [img=https://2.bp.blogspot.com/-SMQa2r91n1w/WxcuM5dFiAI/AAAAAAAAHbE/-xMkvHecaMMxZr2u27V4lWwHMKY6IgyqgCK4BGAYYCw/s0/BLOG-DO-PAULO-MELO-ELEI%25C3%2587OES-2018.png] [description=Sou formado em Gestão Pública pela UCDB e Gestão Empresarial na UNIPLAN, já cursei Ciência Política na UDF, trancando no 3° período. Também cursei Ciências Contábeis na UPIS.Tenho pos graduação em Gerenciamento de Projetos pela Uniandrade e MBA em Marketing pela FGV..] (facebook=Facebook.com) (twitter=Twitter.com) (instagram=Instagram.com) (bloglovin=Blogvin.com) (pinterest=Pinterest.com) (tumblr=Tumblr.com)