Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display



404

Página não encontrada

Início

Foto: Emerson Tormann - Atualidade          Politica

O Sindicato da Habitação do Distrito Federal (Secovi/DF) informou, nesta quarta-feira (9/2), que em 2021, o índice do Volume Geral de Vendas (VGV) acumulado atingiu o valor de R$ 21,63 bilhões na capital federal. O número supera o acumulado de 2020 em mais de R$ 4 bilhões, apresentando um crescimento de 22,7% no valor das vendas. Março foi o mês de destaque, apresentando o maior valor de vendas e a maior alta do ano, e dezembro foi o mês com o menor volume de vendas registrado pela pesquisa.

De acordo com o boletim, 2021 teve um desempenho melhor do que o ano anterior entre os meses de janeiro e setembro, sofrendo uma queda apenas a partir de outubro. Em relação aos lançamentos imobiliários, o ano passado registrou 64 novos empreendimentos. De acordo com o Secovi/DF, esse foi considerado o terceiro melhor ano da história, ficando atrás apenas de 2010 e 2011, quando foram lançados 69 e 85 empreendimentos, respectivamente.

As três regiões que mais receberam lançamentos em 2021 foram: Noroeste, com 24 empreendimentos; Samambaia, com 13; e Sudoeste e Guará, empatados com cinco empreendimentos cada. O segmento de lançamentos imobiliários, que inclui imóveis em construção ou novos, iniciou o ano de 2022 com 6.399 unidades em oferta, o que representa mais de R$ 6,3 bilhões à venda.

A região com a maior quantidade de ofertas é o Setor Noroeste, com mais de 1.600 unidades, representando R$ 3,1 bilhões. Segundo a Associação dos Notários e Registradores (Anoreg), os registros de compra e venda de imóveis no Distrito Federal nos primeiros onze meses de 2021 tiveram uma variação positiva de 44,33%, comparando com o mesmo índice registrado em 2020.

Com informações do Sindicato da Habitação do Distrito Federal (Secovi-DF)

Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA