Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display





404

Página não encontrada

Início


Os 62 anos da Região Administrativa de Sobradinho foram comemorados hoje (12) em sessão solene realizada pela Câmara Legislativa do Distrito Federal. A solenidade, proposta pelo deputado João Cardoso (Avante), reuniu moradores, líderes comunitários, comerciantes, religiosos, educadores e médicos que vivem e trabalham naquela cidade. Natural de Sobradinho, o parlamentar estava à vontade na companhia de seus conterrâneos. “Minha vida é ligada a Sobradinho. Estudei nas escolas públicas de lá quando garoto, e hoje meus filhos são todos nascidos e criados lá”, contou Cardoso.

O administrador regional de Sobradinho, Abílio Castro Filho, disse que a cidade sempre deu oportunidade para seus moradores, mas que existem desafios que precisam ser superados. “Temos alguns problemas para enfrentar, como por exemplo a discussão sobre o plano diretor de ordenamento territorial, que está parada há vinte anos. Além disso, temos dificuldade de gerar emprego e renda na cidade, pois os aluguéis são caros e pouco atrativos para as empresas. Também temos dificuldades com a questão da limpeza pública e com o combate à dengue, mas todos esses desafios estão sendo enfrentados”, garantiu o administrador.

Com passagens na direção de várias escolas de Sobradinho em seu currículo, a senhora Berenice Fernandes de Melo pediu aos presentes que continuem valorizando a cidade. “Nossa cidade é muito acolhedora, é um excelente lugar para se viver, muito organizado. Apesar do surgimento de diversos condomínios, Sobradinho permanece em ordem”, elogiou.

Artista plástico de renome na cidade e cidadão honorário de Brasília, Toninho Souza aproveitou a ocasião para pedir mais atenção ao setor cultural da RA V. “Sobradinho não tem uma casa de cultura, um complexo cultural. Esse é o momento de cobrarmos uma atenção maior para a cidade”, defendeu. O artista também observou que faltam pontos turísticos em Sobradinho que possam servir como locais para comercialização do artesanato produzido na cidade.

Cidadão honorário

Durante a sessão solene, foi entregue o título de cidadão honorário de Brasília para o médico aposentado e escritor José Alberes Silva, que por muitos anos atuou em Sobradinho. “Os pacientes e os colegas eram meus professores. Aprendi muito com todos eles. Paciente não tem religião, não tem local de origem, não tem cor. Ele é um ser humano que tem que ser acolhido”, disse o homenageado ao receber o título. Ao final da solenidade, foram entregues moções de louvor para pessoas que prestam relevantes serviços na cidade.

Crédito: Eder Wen - Agência CLDF
Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA