“Tradição que ficou interrompida por dois anos e hoje volta com força total, mantendo a história e a cultura”, diz Caiado na Festa do Divino Espírito Santo, em Luziânia


Festejos têm início 50 dias após a Páscoa e são realizados pela Igreja Católica


O governador Ronaldo Caiado participou, nesta sexta-feira (03/06), em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, das celebrações da Folia de Rua da Festa do Divino Espírito Santo. Os festejos têm início 50 dias após a Páscoa e são promovidos pela Igreja Católica. “O Governo de Goiás tem apoiado todos esses eventos. Estive em 2019 e agora estamos aqui em 2022, com esta retomada”, celebrou o governador.

A Folia de Rua conta com uma comissão religiosa que, em procissão, passa por diversas casas e fazendas, oferecendo bênçãos e recolhendo doações. “A Festa do Divino de Luziânia é uma das mais antigas. Foi iniciada à época do império. É uma tradição que ficou interrompida por dois anos, em decorrência da pandemia, e hoje volta com força total, mantendo a história e a nossa cultura”, afirmou Caiado. 

O governador exaltou a parceria com os prefeitos, o que tem possibilitado destravar obras e serviços em prol da população. “Só em Luziânia, investimos R$ 72 milhões”, destacou Caiado, relatando os impactos positivos na qualidade de vida das pessoas. “Recebi uma pesquisa qualitativa que mostra que o Entorno se sente orgulhoso de ser goiano, tem o sentimento do pertencimento. O cidadão que dizia ‘nem-nem’ hoje tem orgulho de morar no Entorno, porque tem segurança, tem saúde. É um outro sentimento.”

“Com 269 anos, a história da festa se confunde com a do município. Não é um evento da igreja, é da cidade. Todas as pessoas participam”, afirmou o prefeito Diego Sorgatto, que externou sua alegria com o retorno do festejo. “É muito gratificante para todos foliões e cidadãos de Luziânia. O governador tem se mostrado muito presente, não só fisicamente, mas com ações fortes e firmes do governo, que nos ajudam em várias áreas”, completou o gestor municipal.

Além da tradicional procissão, o evento envolve milhares de moradores locais com a realização de ações religiosas, como novenas e missas, bem como outras atividades, inclusive leilões e barracas com comidas típicas. Os festejos duram cerca de 10 dias. 

Também estiveram presentes o reitor e pároco do Santuário Santa Luzia, Padre Silvino Caixeta; o secretário de Estado Joel Sant’Anna (Indústria, Comércio e Serviços); os deputados federais Célio Silveira e Delegado Waldir; os deputados estaduais Wilde Cambão, Zé da Imperial e Lêda Borges; o prefeito de Valparaíso de Goiás, Pábio Mossoró; Hildo do Candango (Águas Lindas) e Professora Edna (Luziânia); além de festeiros e fiéis. 

Fotos: Júnior Guimarães.

Paulo Melo

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem