Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display







IESB

404

Página não encontrada

Início

De acordo com pesquisa realizada em 2019, pelo Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), 60% das construtoras têm planos de investir em novos recursos tecnológicos nos empreendimentos a ser construídos nos próximos cinco anos. Esses procedimentos modernos, entre eles a indústria 4.0 (termo usado para aplicações de conceitos e métodos inovadores - com o intuito de melhorar os processos) - são ferramentas que auxiliam diretamente na construção de imóveis compactos.

O uso do quadro elétrico - o principal equipamento para a distribuição de energia num imóvel - é um componente que Bruno Catarino, gerente da unidade Londrina da Yticon, construtora do Grupo A.Yoshii, e especializada no segmento do primeiro imóvel, cita como exemplo. “Quando o quadro elétrico é montado na fábrica diminui-se o tempo de uma etapa de execução da obra, já que a menor variabilidade de montagem aumenta a produtividade. E o melhor, haverá um duplo teste, pois, além do teste final, realizado em obra, é verificado também na indústria”, conta.

Forma de alumínio

Outro recurso tecnológico que ele destaca é a forma de alumínio para paredes de concreto, considerada uma tecnologia recente no Brasil, porém, antiga em vários outros países. São placas leves e adaptáveis que são usadas como moldes de paredes e lajes de prédios ou casas para serem facilmente preenchidas por um concreto autoadensável. “Conseguimos, assim, ter padronização da nossa execução, que passa a ser industrial, otimizando os processos de construção e de mão de obra. Isso reduz os custos, apesar do concreto da forma de alumínio e do aço serem os elementos mais caros”, explica.

Pintura elastomérica de alto desempenho

Catarino diz que materiais que necessitam do cimento para a instalação podem fazer com que as tintas tradicionais utilizadas com mais frequência, como látex e acrílicas, rachem por serem menos elásticas. “Isso acontece, principalmente, em paredes que ficam em ambientes externos que possam sofrer com as intempéries.”

Dessa forma, a pintura elastomérica, utilizada pela construtora Yticon, tem a capacidade de se estender em até até 0,5 milímetros e faz com que a camada de tinta resista à expansão da parede e dissimule uma possível fissura em locais superficiais. “Esse é um material de alta tecnologia. Nos empreendimentos em que são aplicadas essa tinta, há durabilidade e garantia maiores de não ocorrer infiltração em paredes de concreto e alvenaria”, pontua.

Impermeabilização de pisos em poliuretano

A impermeabilização em poliuretano é uma tecnologia mais cara, mas existe a facilidade de aplicação, e pode ser usada como pintura final. “Antes, tínhamos que queimar uma base de petróleo e depois colar mantas que poderiam descolar nos cantos e, pelo fato das mantas ficarem localizadas abaixo de um contrapiso de concreto, as manutenções são mais complicadas. Por isso, a pintura oferece qualidade maior quando usada em quadras esportivas e garagens”, afirma.

Garagem externa em pré-fabricado (pré-moldado)

Ainda conforme o gerente, as garagens com estrutura pré-fabricadas também apresentam uma viabilidade melhor comparada à execução com tecnologia tradicional em concreto armado. “A tecnologia do pré-moldado nos ajuda a ganhar tempo e prazo de mão de obra, nos dando a possibilidade de um canteiro mais organizado, (como escritórios e almoxarifados), garantindo qualidade dimensional e acabamento maior. Na entrega da obra, o cliente recebe um edifício garagem com estrutura esteticamente mais bonita”.

[post_ad]

 

Sobre a Yticon Construção e Incorporação

A Yticon é uma construtora e incorporadora que atua há mais de doze anos nas cidades de Londrina, Maringá e Cambé, no Paraná, e Presidente Prudente, em São Paulo. A empresa do Grupo A.Yoshii desenvolve empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização, especialmente para quem quer conquistar o primeiro imóvel. A Yticon já construiu mais de 5 mil unidades, todas entregues rigorosamente no prazo, somando mais de 500 mil metros quadrados de área construída. Mais informações: www.yticon.com.br.

Sobre o Grupo A.Yoshii

Fundado há mais de 55 anos, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de metros quadrados do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná; e pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e a democratização cultural. Além disso, atua em Obras Corporativas, atendendo grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br.

 


Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA