Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display





404

Página não encontrada

Início
O Jornalista Walter Brito, candidato a deputado federal - 90 33 , acompanhou o protesto justo de Pablo Marçal ontem de frente à Band, no bairro do Morumbi, quando mais de 500 pessoas aplaudiram pessoalmente o presidenciável do PROS. WB é aliado do Marçal (foto) desde o momento em que o megaempresário filiou-se no PROS, no mês de março


"Tem algo errado na República e não vou ficar calado", denuncia presidenciável, que comandou manifestação contra exclusão na mídia.

O candidato do Pros à Presidência da República, Pablo Marçal, anunciou ontem que os brasileiros terão, em sua gestão, o maior salário mínimo da América Latina. O anúncio aconteceu durante protesto realizado em frente a TV Band, em São Paulo, durante o primeiro debate presidencial.

Marçal foi excluído, mesmo com parecer da Procuradoria Geral Eleitoral atestando a validade de sua candidatura. A manifestação repercutiu nas redes sociais, chamando a atenção no bolsão de indecisos.

Marçal - 90, ao lado da esposa Carol e os quatro filhos em momento de lazer. O  empresário sabe que o salário mínimo é insuficiente para sustentar uma família. A maioria das famílias brasileiras é constituída de pai, mãe e pelo menos quatro filhos. Por isso ele fez compromisso público, caso vença a eleição do dia 2 de outubro, mudar o salário mínimo para R$ 2.229,11


"Estou percebendo que tem algo errado na República e não vou ficar calado", denunciou Marçal. Ele aponta que está empreendendo, de forma resiliente e inédita, uma campanha paralela.

"Vamos resistir a tudo e todos sem guia, sem fundão e sem espaços na mídia convencional", garantiu Pablo Marçal.

O presidenciável acrescenta que não sabe o que está acontecendo, mas antecipa que não vai desistir da disputa. "Mexeram com a pessoa errada, vou até o fim", garantiu.

Maior Salário Mínimo

Pablo Marçal e sua vice, Pérola Neggra, apresentaram plano de governo com mais de 90 itens, elaborado com a participação de especialistas de várias áreas. Marçal garante que, em sua gestão, o Salário Mínimo passará a ser o maior da América Latina. Atualmente, Chile paga o maior SM da região - US$ 470, equivalente a R$ 2.229,11.

Na foto, a vice de Marçal, Fátima Pérola Neggra, e o dr. José Carlos, candidato a deputado estadual - 90009 (PROS). Fátima Pérola Neggra ajudou   Marçal ontem no protesto da Band a convencer milhares de brasileiros que assistiram ao vivo à transmissão do protesto via internet, que Marçal é o presidenciável mais perseguido em nosso país em todos os tempos. O dr. José Carlos (foto ao lado da Pérola Neggra) se destaca como um dos mais renomados advogados criminalistas da Zona Leste de São Paulo. Ele ajudou a iniciar o protesto a favor de Marçal ontem na Band


"Esse é um compromisso que assumo com todos os brasileiros: a maior economia da América Latina pagará o maior Salário Mínimo", assegurou.


A candidata a deputada estadual Jane Galvão - 90077, o jornalista Walter Brito, candidato a deputado federal - 9033, e o candidato a deputado estadual, o dr. José Carlos - 90009 (todos do PROS) foram os primeiros a chegarem ao protesto da Band, ontem 28/8. Os três se comprometeram no sábado 27/8 na comunidade Eldorado/Mata Virgem, a levarem o Marçal para apoiar um projeto consistente para melhorar a vida de quem mora nas milhares de favelas do Brasil. O projeto é coordenado por Carla Severiano, a Oprah brasileira, presidente do Conselho de Ética das Favelas do Brasil e coordenadora do projeto nacional "Favela sem Fome"


Marçal declarou ainda que está lutando para levar esta e outras propostas para a população. "Sou um único com propostas sólidas e tenho o direito de levá-las ao conhecimento do povo brasileiro, especialmente àqueles que querem uma alternativa contra essa polarização", finalizou Marçal. [post_ad]
Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA