Sebrae e Sistema Positivo fecham parceria inédita para oferecer educação empreendedora a alunos do Ensino Médio

 Em parceria exclusiva, material desenvolvido com Sistema Positivo de Ensino aproxima jovens de todo o Brasil do empreendedorismo e da realidade do mercado de trabalho

Créditos: divulgação

A partir de 2023, mais de 90 mil estudantes do Ensino Médio de colégios conveniados ao Sistema Positivo de Ensino poderão optar por encarar o “Missão: empreender”, resultado de mais de um ano de adaptação do material didático, desenvolvido junto ao Sebrae/PR. Para isso, já em outubro deste ano, professores do Sistema Positivo passarão por uma formação focada nos principais conceitos e ideias abordados.

Para a coordenadora editorial do Sistema Positivo de Ensino, Milena dos Passos Lima, trata-se de um passo importante para o projeto de Novo Ensino Médio da marca. “O empreendedorismo é um dos eixos do Novo Ensino Médio e, ao mesmo tempo, o Sebrae é a referência em educação empreendedora no país. Então achamos significativo unir as duas coisas e oferecer esse diferencial para nossos alunos”, destaca.

Esta é a primeira vez que o Sebrae/PR firma parceria com um sistema de ensino. Para Sonia Massae Shimoyama, coordenadora estadual de Educação Empreendedora do Sebrae/PR, um dos diferenciais do programa é o fato de que ele capacita nas duas pontas. “Enquanto os alunos aprendem habilidades importantes para seu desenvolvimento pessoal e profissional, os professores têm a oportunidade de aumentar seu conhecimento na temática de empreendedorismo inovador, a partir de ferramentas atuais e gamificadas”, aponta.   

Cada um dos encontros do “Missão: empreender” funciona como um episódio. O formato se assemelha às séries que são sucesso entre os jovens. Assim, a expectativa é de que a disciplina gere engajamento a partir de conceitos-base e oficinas. Ao longo do ano, esses estudantes deverão desenvolver uma proposta empreendedora. O material termina com uma feira cujo objetivo é expor as ideias criadas por eles.

“As instituições de ensino poderão optar por trabalhar o material com estudantes de qualquer ano do Ensino Médio. Os encontros serão realizados no formato digital. O Sebrae estimula a educação empreendedora como um estilo de vida, o que torna tudo ainda mais rico”, afirma Milena. Ela explica que, além de falar para possíveis empreendedores, o projeto tem como foco trabalhar habilidades como gestão das emoções. “O mais legal dessa parceria é que ela não se restringe apenas aos negócios. Há uma partilha de valores em comum, um estilo de trabalho parecido, objetivos similares enquanto educadores”, observa.

Formação empreendedora gratuita

Quem optar por essa disciplina eletiva, que estará disponível a partir de janeiro de 2023, não precisará pagar mais pela formação oferecida. Como o “Missão: empreender” entra como um itinerário formativo, que é a tônica do Novo Ensino Médio, o programa é totalmente gratuito para os estudantes das escolas conveniadas. Serão 40 aulas ministradas ao longo do programa.

________________________ 

Sobre o Sistema Positivo de Ensino 

É o maior sistema voltado ao ensino particular no Brasil. Com um projeto sempre atual e inovador, ele oferece às escolas particulares diversos recursos que abrangem alunos, professores, gestores e também a família do aluno com conteúdo diferenciado. Para os estudantes, são ofertadas atividades integradas entre o livro didático e plataformas educacionais que o auxiliam na aprendizagem. Os professores recebem propostas de trabalho pedagógico focadas em diversos componentes, enquanto os gestores recebem recursos de apoio para a administração escolar, incluindo cursos e ferramentas que abordam temas voltados às áreas de pedagogia, marketing, finanças e questões jurídicas. A família participa do processo de aprendizagem do aluno recebendo conteúdo específico, que contempla revistas e webconferências voltadas à educação. 

Sobre o Sebrae

Em 2022, o Sebrae celebra 50 anos de existência, com atividades em torno do tema "Construir o futuro é fazer história". Denominado Projeto Sebrae 50+50, a iniciativa enfatiza os três pilares de atuação da instituição: promover a cultura empreendedora, aprimorar a gestão empresarial e desenvolver um ambiente de negócios saudável e inovador para os pequenos negócios no Brasil. Passado, presente e futuro estão em foco, mostrando a evolução desde a fundação em 1972 até os dias de hoje, com um olhar também para os novos desafios que virão para o empreendedorismo no país.



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem