Fã clube nacional de Lady Gaga repudia fake news envolvendo a cantora no Brasil

 


"Uma ofensa!", dizem fãs sobre notícias falsas de bolsonaristas. Grupo ficou conhecido em todo o país em 2013 por promover ações sociais e protestos políticos em nome da cantora

O fã clube nacional da cantora Lady Gaga, o Haus of Little Monsters Brazil, se pronunciou nesta segunda (6/11) contra fake news envolvendo a cantora no Brasil. Na última semana, bolsonaristas divulgaram que a artista norte americana faria uma intervenção no país para anular as eleições. De acordo com o fã clube, sediado em Brasília (DF), fotos da cantora com a camiseta do Brasil também foram usadas durante campanha eleitoral em falso apoio a Bolsonaro para a presidência.

De acordo com a nota, "além de prejudicar a população com manipulação de massa, tais notícias falsas revoltam fãs da cantora por alimentar o ódio, a divisão de pessoas e o descompromisso com a verdade - coisas que Lady Gaga e seus fãs repudiam". 

O grupo ganhou notoriedade nacional em 2013, quando passou a promover ações sociais em nome da cantora no DF. Em 2014, o grupo promoveu o 1º Flash Mob Contra o Bullying e a Homofobia no Museu Nacional da República e viralizou novamente ao manifestar contra Vladmir Putin e as leis anti-gays da Rússia em frente ao Palácio do Itamaraty, quando Dilma Rousseff recebia presidentes dos países que compõem o Brics e a Unasul.

Na ocasião, o grupo cantou o “hino gay” Born This Way, de Lady Gaga, e apoiou solidariamente os homossexuais russos, reforçando os discursos de Lady Gaga, que na época havia lançado uma campanha de boicote aos Jogos Olímpicos de Sochi (Rússia). A cantora, assim como outras celebridades, foi proibida de entrar naquele país por defender os direitos dos homossexuais. 

Teorias negacionistas

Segundo uma das fake news disseminadas pelo Whatsapp e demais mídias digitais bolsonaristas logo após a eleição de Lula, a "ministra do Tribunal de Haia", Stefani Joanne Germanotta (nome real da cantora Lady Gaga) iria anular as eleições no Brasil em até 72 horas. 

"Bolsonaro conversa nesta quarta-feira (2/11) com a ministra Stefani Germanotta sobre providências a serem tomadas após as 72 horas. Tudo indica que ocorrerá uma intervenção federal para reapurar os votos das urnas", dizia a fake news que viralizou na internet, acompanhada da foto da cantora.

A segunda fake news envolvendo a cantora surgiu após a deputada federal Carla Zambelli (PL) fugir para os Estados Unidos para denunciar suposta fraude nas eleições: “Após a reunião com a Carla Zambeli [sic], onde ela levou as provas par os Estados Unidos, e conseguir convencer a Ministra Stefani Germanotta, do Tribunal de Haia, com um relatório com mais de 180 páginas, onde foram encontrados erros graves”, diz trecho da mensagem.

Enquanto isso, bolsonaristas de todo o Brasil aguardam a anulação das eleições por Lady Gaga, que não é ministra e foi uma das principais apoiadoras de Joe Biden (Democrata/esquerda) nas últimas eleições dos Estados Unidos.

Confira, na íntegra, a nota de repúdio do fã clube Haus of Little Monsters Brazil:

NOTA DE REPÚDIO

Tendo em vista o aumento de fake news envolvendo a cantora norte americana Lady Gaga nos últimos dias, o fã clube nacional Haus of Little Monsters Brazil, sediado em Brasília (DF), vem a público repudiar o uso do nome da artista em calúnias envolvendo disputa política e cultura do negacionismo. 

Nós entendemos que além de prejudicar a população com manipulação de massa, tais notícias falsas revoltam fãs da cantora por alimentar o ódio, a divisão de pessoas e o descompromisso com a verdade - coisas que Lady Gaga e seus fãs repudiam. E, assim como ela, nós, seus fãs brasileiros, somos à favor do amor, da união, da democracia e da solidariedade, marcas registradas deste fã clube, que há mais de dez anos promove e apoia ações sociais em todo o DF.

Assim como muitos tiveram que fazer este ano no Brasil, Lady Gaga teve de se posicionar recentemente pela defesa da democracia ao apoiar Joe Biden (Democrata) para a presidência dos Estados Unidos. Aqui, estamos felizes com a eleição de Lula, mas continuaremos vigilantes, apartidários e independentes para que, assim como Lady Gaga, possamos continuar a contribuir com um país mais justo e feliz para todos. Somos um só povo e somos amor! Respeitem a Lady Gaga!

Haus of Little Monsters Brazil

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem