Réquiem para o cartunista Peron, amigo de Chico Anysio!

Chico Anysio, na foto com Moacir Franco, Ziraldo e Peron -          Arquivo Pessoal/Peron
O eterno Chico Anísio, Moacir Franco, Ziraldo e Peron. Este, conhecido como o Príncipe do cartunismo no Brasil!


Texto escrito pelo jornalista Walter Brito

Depois de três anos morando em São Paulo e sem visitar o DF, eis que hoje, 7/11, ao chegar à capital brasileira para cobrir a homenagem a Lewis Hamilton na Câmara e na parte da tarde acompanhar os trabalhos no Grupo de Transição do Governo Lula, recebo o telefonema de minha querida amiga e Rainha da Noite Lílian Gonçalves, filha do cantor das multidões Nelson Gonçalves.

Na foto, Marcos Amazonas, Peron, este jornalista Walter Brito e Carla Fiori


A notícia de hoje anunciada pela locomotiva da noite paulista se refere ao falecimento do grande amigo Wilson Peron, um dos mais importantes cartunistas de nosso tempo. Peron trabalhou quase dez anos com Ronald Golias , Moacir Franco, Jornal o Pasquim, e quase três décadas com Chico Anysio, de quem era um de seus amigos mais chegados, ao lado de Tom Cavalcante, o marqueteiro político Marcos Amazonas, Ziraldo, Pelé, Jô Soares, entre outros.

Wilson Peron e este jornalista Walter Brito

No ano de 2021, este escriba da política nacional, jornalista Walter Brito, trabalhei por onze meses na Assessoria de Comunicação de um importante deputado estadual na Alesp em São Paulo. O Peron era o marqueteiro, eu escrevia os textos longos, Fagner Moura, também jornalista experiente e brilhante (ex-colaborador de Paulo Henrique Amorim no Domingo Espetacular na Band), acompanhava o parlamentar pelo Estado de São Paulo, além do jovem Felipe Paz, videomaker do primeiro time nacional.

Foto no Restaurante e casa de show Japan Tower, de propriedade de Lílian Gonçalves, os jornalistas: Fagner, Walter Brito e Marcos Amazonas. Na sequência, a apresentadora de TV Carla Fiori, o novelista Vicente Sesso, pai do ator Marcos Paulo e o cartunista Peron


Os três citados, incluindo o saudoso Peron e outros 25 colegas e o nosso respeitável parlamentar assistiram este jornalista sofrer três AVCs de uma só vez, no dia 14/8/2021. Fui internado no glorioso Hospital das Clínicas de São Paulo, onde fiquei sob os cuidados do neurologista de apenas 31 anos, o doutor Alexandre Guimarães, uma das maiores referências da neurologia na América Latina. Estou aqui para contar a história, Maktub.

A garçonete Maria Silva,  do Restaurante Ibotirama na rua Augusta, este jornalista Walter Brito, o cartunista Peron e o economista e marqueteiro Edgar Nogueira


Liga novamente de São Paulo, o Policial Civil Gallo, o jornalista Fagner, o marqueteiro Edgar Nogueira, além de umas das melhores amigas de Peron, a Carla Fiori para dizerem que os parentes do Peron já sabem de seu falecimento aos 66 anos de idade bem vividos.

A Rainha da noite, Lílian Gonçalves (foto) ligou para este repórter hoje às 8 horas da manhã e disse-me: " jornalista Walter Brito, perdemos um grande amigo, pois Peron acabou de nos deixar. Foram quatro décadas de amizade, confiança e respeito. Foi sem dúvidas um dos mais importantes cartunistas de nosso tempo. Os meus sentimentos aos seus familiares!"


Por outro lado, quem entrou na ambulância comigo e me acompanhou até a mesa de cirurgia do Hospital das Clínicas em São Paulo, foi o amigo que hoje deixa a vida e passa para a história, como dono de um dos mais perfeitos traços do cartunismo brasileiro, o Wilson Peron. Vá com Deus, grande guerreiro de Sorocaba e do Brasil!

Emerson Tormann

Técnico Industrial em Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Especialista em inspeção predial. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem