Suplementação nas águas: pontos de atenção na alimentação garantem sucesso nos ganhos do rebanho

 Mais do que a escolha do suplemento, estar atento às condições do cocho e da qualidade da água determina o sucesso do resultado final



A chamada época das águas, período com maior volume de chuvas, é a fase em que existe um aumento da oferta de forragens e o rebanho bovino tem maior possibilidade de aumento de peso e desenvolvimento favorecido, pela boa oferta de alimentos nos pastos, que na época de chuvas, possuem boa capacidade de fornecer boas quantidades de proteína e de energia aos animais, além de serem de alta qualidade.

Segundo a médica-veterinária e Coordenadora de Produtos da Connan, Júlia Marques, para garantir o aproveitamento total do potencial de ganho fornecido pelas pastagens neste período do ano, a suplementação deve ser peça-chave na estratégia de sua propriedade.

“O nível de fornecimento do suplemento deve ser adequado aos objetivos de ganho de peso no período, que deve ser definido, preferencialmente, com o auxílio de um técnico que avalie as condições da propriedade e dos animais. Porém, independentemente de seu objetivo, a suplementação básica, com apenas o suplemento mineral é necessária em todas as épocas do ano, pois as pastagens brasileiras são pobres em alguns elementos minerais que impactam na saúde e produtividade dos animais”, afirma a veterinária.

Para assegurar um fornecimento eficaz do suplemento para seu rebanho, o pecuarista deve estar atento a alguns pontos que irão garantir o sucesso da suplementação e, até mesmo, potencializar os resultados no ganho de peso do rebanho.

1) Garanta boa localização e estrutura de cocho

A localização do cocho deve ser próxima a fonte de água, para estimular o consumo regular de suplemento. Também é importante que seja de fácil acesso para simplificar a logística operacional de fornecimento.

Modelos de cochos mais elevados evitam a contaminação por fezes e urina, mas a altura deve ser adequada para a categoria animal que receberá o suplemento. “Cochos muito altos, por exemplo, podem dificultar que o animal consuma o suplemento de maneira confortável. Portanto, é necessário sempre observar atentamente se todos os animais estão conseguindo acesso a esse cocho”, explica Júlia.

A estrutura também tem que estar em bom estado para evitar perdas do suplemento. “Como os danos são frequentes na época de chuvas, redobre a atenção a este ponto. Cochos em áreas com muita lama tornarão difícil e desconfortável a ida dos animais ao espaço de alimentação”, reforça ela.

2) Forneça a quantidade ideal do suplemento para o lote

Garantir que haja suplemento de boa qualidade e em boa quantidade no cocho para o número de animais que estão no lote é fundamental. Para isso, o pecuarista deve calcular a quantidade de acordo com o consumo estimado do suplemento por animal e realizar o fornecimento de maneira adequada.

3) Respeite a indicação de espaçamento de cocho por animal

É importante que haja espaço suficiente para todos os animais do lote. E quanto maior o consumo proposto pelo produto, maior será o espaçamento recomendado. “Para suplementos minerais, de baixo consumo, o espaço necessário é de 3 a 5 cm por animal. Já para suplementos de alto consumo ou rações, o espaçamento chega de 40 a 60 cm por animal”, informa a médica-veterinária.

4) Acompanhe e anote a quantidade e frequência dos fornecimentos de suplemento

A Coordenadora de Produtos explica que ter uma caderneta de anotação do fornecimento de suplemento para cada lote é uma boa prática. “Dessa maneira, é possível acompanhar como está o consumo de suplemento pelo lote, identificando se está abaixo do esperado, o que indicará uma falha no processo. Uma boa rotina de fornecimento assegurará que os resultados sejam alcançados”.

5) Mantenha a limpeza do bebedouro em dia

Priorize uma rotina de limpeza de bebedouro na frequência que for necessária em cada lote. Ter água limpa e à vontade para os animais é fundamental para estimular o consumo de alimentos e manter a saúde do rebanho.

6) Priorize uma boa comunicação entre todos de sua equipe

A comunicação é importante na rotina da propriedade. Nunca se esqueça de que um time bem informado e integrado trabalhará melhor e mais motivado, e isto se refletirá no desempenho dos animais.

“Mais do que apostar na qualidade do suplemento, a boa gestão dos elementos que compõem o sistema de alimentação é fundamental para o sucesso do planejamento nutricional da propriedade e dos bons resultados em ganhos do rebanho. Fique atento a eles e garanta a lucratividade da sua propriedade”, finaliza Júlia.

Sobre a Connan

Com sede em Boituva (SP) e filiais em Campo Verde (MT) e São Gabriel D’Oeste (MS), a Connan – Geração de Resultados iniciou suas atividades em 2004 e tem como principais acionistas os engenheiros agrônomos Fernando Penteado Cardoso Filho e Eduardo Penteado Cardoso, membros da família fundadora da empresa MANAH, do famoso slogan “Com MANAH adubando dá”, criado pelo patriarca Dr. Fernando Penteado Cardoso. Os dois irmãos, e sócios, também são detentores da patente Nelore Lemgruber, desenvolvendo e expandindo a genética na Fazenda Mundo Novo, localizada em Uberaba (MG).

Com mais de 150 representantes comerciais, a Connan é a única empresa nacional a produzir o próprio fosfato bicálcico e possuir a tecnologia Aglomerax, o que lhe confere grande diferencial competitivo e garantia de qualidade dos produtos.

Mais informações: http://www.connan.com.br.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Canaã Telecom