Fieg reconhece personalidades que se destacam na defesa da indústria



Em noite de gala, homenagem destaca contribuição de personalidades à indústria goiana e brasileira


"Se a indústria vai bem, tudo vai bem." Com essa frase, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, sintetizou a importância do setor produtivo, ao conduzir a solenidade de entrega da Medalha da Ordem do Mérito Industrial. Em 2023, a comenda reconheceu seis personalidades por relevantes serviços prestados à indústria goiana e nacional e ao desenvolvimento do Estado de Goiás e do Brasil. A cerimônia, realizada dia 15 de dezembro, no Teatro Sesi, em Goiânia, foi prestigiada por autoridades do Executivo, Legislativo e Judiciário, empresários e dirigentes de entidades representativas do setor produtivo.

Com a mais alta distinção da Fieg, foram homenageados o vice-governador de Goiás, Daniel Vilela; a deputada federal Flávia Morais; o presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, desembargador Carlos Alberto França; o presidente do Sindicato das Indústrias Extrativas do Estado de Goiás e Distrito Federal (Sieeg-DF), Luiz Antônio Vessani; e a diretora-executiva de Operações Industriais da Brainfarma, Daniela Muassab Castanho. A cerimônia marcou ainda a entrega da Ordem do Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) ao empresário César Helou, da Laticínios Bela Vista (Piracanjuba).

Sandro Mabel completou que "onde tem indústria, tem oportunidade de trabalho e bons empregos. Tem arrecadação por parte de Estado e municípios, tem economia girando. Isso significa que tem investimento em educação, infraestrutura, saúde, saneamento e lazer. E se tem tudo isso, tem também muitos sonhos, muitos planos", sustentou.

O presidente da Fieg destacou também a resiliência do setor em Goiás. "Mesmo diante dos desafios impostos pela economia global, pelas incertezas do cenário atual, mantém-se firme, com crescimento de 3,4% nos últimos 12 meses, número acima da média nacional e fruto do esforço e do trabalho de cada um dos empresários aqui presentes. É graças a vocês que a indústria goiana vai bem."



HOMENAGEM

Foi esse sentimento de reconhecimento que marcou a entrega de certificados e insígnias do Mérito Industrial da Fieg e da CNI aos homenageados.

"Aprendi dentro de casa sobre a importância da parceria do poder público com a iniciativa privada. Nosso trabalho é potencializar isso para trazer mais crescimento para Goiás. E a Fieg tem um trabalho extraordinário nesse sentido, sendo parceira do Estado e dos goianos pelo desenvolvimento", afirmou o vice-governador Daniel Vilela, ressaltando a alegria de receber o Mérito Industrial, homenagem que também foi entregue no passado ao seu pai, Maguito Vilela, ex-governador de Goiás, falecido em 2021.

A deputada federal Flávia Morais agradeceu a todos os empresários que escolheram Goiás para investir e disse que a homenagem é um momento que levará como um dos mais marcantes de sua vida pública. "É uma honra muito grande. Estou no sexto mandato na Câmara dos Deputados e recebo essa homenagem junto com todos os parlamentares goianos, que têm um profundo respeito pelo setor produtivo, que gera renda e emprego e tem feito nosso Estado de Goiás tão respeitado no Brasil."

O desembargador Carlos Alberto França destacou a atuação do Judiciário para garantir a segurança jurídica necessária aos investimentos. "É com muita satisfação que o Poder Judiciário se faz presente nesta noite e agradecemos ao empresariado goiano esse reconhecimento. Temos mostrado aos cidadãos goianos que fazemos nossa parte e ao empresariado, além da segurança jurídica, que estamos sempre de portas abertas para ampliar o diálogo."

O presidente do Sieeg-DF, Luiz Vessani, agradeceu a homenagem, enfatizando que a honraria se estende a todo o setor da mineração, "que contribui imensamente com o desenvolvimento de Goiás."

A diretora da Brainfarma Daniela Mussab compartilhou a premiação com todos os colaboradores da empresa e destacou a parceria e sintonia que o Sistema Fieg possui com as indústrias goianas para qualificação de profissionais para o setor.

"Desde 2017, quando cheguei para liderar as operações industriais da Brainfarma, a gente vem investindo, com parcerias fortes com a Fieg e o Senai. Nós nos orgulhamos muito de nosso Programa de Evolução Profissional, que já formou mais de 500 colaboradores, e de ter contribuído fortemente com a criação do Centro de Competências Farmacêuticas, em Anápolis, para formar cada vez mais pessoas da comunidade. É disso que precisamos, de pessoas desenvolvidas e treinadas para seguir fazendo crescer a indústria em Goiás", disse Daniela.

O empresário César Helou, que recebeu o Mérito Industrial da CNI, igualmente compartilhou a homenagem com os quase 4 mil colaboradores da indústria Piracanjuba. "Sozinho nunca seria possível chegar até aqui. Isso só foi possível graças a todos que construíram, junto com a gente, essa jornada. A indústria, que no início processava cerca de 2 mil litros de leite/dia, hoje transforma mais de 5 milhões de litros diariamente, em sete Estados diferentes."

MÉRITO INDUSTRIAL

A Medalha da Ordem do Mérito Industrial foi instituída pela CNI por inspiração do exemplo de pioneiros do setor produtivo que, com criatividade e visão do futuro, forjaram as bases do moderno parque industrial brasileiro. A comenda, criada em 1958, tem o objetivo de prestar a mais alta reverência do segmento industrial tanto a empresários como a outras personalidades que se destacaram no cenário nacional.

No âmbito estadual, a Fieg também reconhece, desde 1968, com o Mérito Industrial, personalidades e instituições que se destacam na defesa do setor produtivo e da economia goiana.

HOMENAGEADOS EM 2023



César Helou – Graduado em Engenharia Civil pela USP, assumiu, juntamente com seu irmão Marcos Helou, a indústria Laticínios Bela Vista (Piracanjuba), em 1985. Ocupa importantes cargos em diversas entidades representativas do setor industrial, incluindo assento no Conselho de Representantes da Fieg.



Daniel Vilela – Vice-governador de Goiás, é bacharel em Direito pela Universidade Salgado de Oliveira (Universo) e pós-graduado em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Foi vereador pelo município de Goiânia, líder de bancada na Assembleia Legislativa de Goiás e deputado federal. É o atual presidente do Diretório Estadual do MDB, em Goiás.



Flávia Morais – Deputada federal por Goiás pelo quarto mandato consecutivo, foi deputada estadual por duas vezes e primeira-dama de Santa Bárbara e de Trindade. Com agenda municipalista, atualmente coordena a bancada goiana no Congresso Nacional, além de presidir a Comissão Externa de Obras Inacabadas e Paralisadas e atuar em importantes frentes parlamentares.



Carlos Alberto França – Reeleito à presidência do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (biênio 2023/2025), integra o Conselho de Presidentes dos Tribunais de Justiça do Brasil, onde também preside o colegiado. É autor do livro Processo Administrativo Disciplinar no Poder Judiciário do Estado de Goiás, em coautoria com José Eduardo Garrido Gomes.



Luiz Antônio Vessani – Geólogo e presidente do Sindicato das Indústrias Extrativas do Estado de Goiás e Distrito Federal (Sieeg-DF), tem ampla atuação no setor da mineração regional e nacional. É presidente da Edem (Empresa de Desenvolvimento de Projetos de Mineração) e da Edem Agrominerais; e diretor da Terra Goyana Mineradora, da Bautek Minerais Industriais e da Mineradora Nosso Senhor do Bonfim. É diretor da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), com atuação no Conselho Temático de Mineração da CNI; e diretor-fundador da Associação Brasileira das Empresas de Pesquisa Mineral e Mineração (ABPM).



Daniela Muassab Castanho – Diretora-executiva de Operações Industriais da Brainfarma (Grupo Hypera Pharma) e farmacêutica-bioquímica de formação. Atua na indústria desde 1993, tendo passado por empresas como Bayer, Astrazeneca e Eurofarma.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF
Bio Caldo - Quit Alimentos
Canaã Telecom