Programa Melhorias Habitacionais realiza sonho de reformar a casa própria


Por Agência Brasília* | Edição: Vinicius Nader

A dona de casa Cláudia de Freitas, 44 anos, recebeu um presente especial nesta segunda-feira (5). Por meio do programa Melhorias Habitacionais, desenvolvido pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab-DF), a moradora da Estrutural se tornou a mais nova contemplada com a reforma da casa onde mora.

Cláudia mora na Estrutural há mais de 20 anos e se emocionou ao receber as chaves da moradia. Ela revelou as dificuldades que enfrentava antigamente: “Aqui não tinha estrutura nenhuma, inclusive caía tudo. Achei muito boa a reforma. A equipe de vocês trabalhou muito bem. Agora posso dizer que estou numa casa”.


GDF investiu R$ 54 mil para transformar a moradia da segunda pessoa contemplada pelo programa Melhorias Habitacionais em 2024 | Fotos: Divulgação/ Codhab-DF

Com revestimento apenas no quarto da moradora, a estrutura da residência precisou ser completamente reconstruída. Os cômodos, que tinham pouca ventilação e iluminação, foram planejados para suprir as deficiências apontadas. Para a segurança de Cláudia e da família dela, a casa de 36 m² precisou de nova instalação na rede elétrica. O Governo do Distrito Federal investiu R$ 53.958,19 para transformar a moradia e resgatar a autoestima e a dignidade da segunda pessoa contemplada pelo programa em 2024.

O projeto foi executado pela arquiteta da companhia, Ana Kelly Salazar. A profissional conta que a planta original foi alterada para dar mais conforto à proprietária. “Nós fizemos um projeto para ter uma sala e cozinha integradas e um poço de ventilação que abriria iluminação e ventilação entre a casa dela e a da filha, que fica ao lado no terreno. Além da construção de uma área de serviço completa com um corredor entre as duas casas”, contou.


Antes da reforma, a casa de Cláudia apresentava problemas estruturais e na rede elétrica

Segundo a arquiteta, foi necessário levantar a moradia do zero por falta de estrutura para manter a construção intacta. Sendo assim, Cláudia recebeu um lar totalmente reconstruído. A residência recebeu tudo novo: alvenaria, chapisco e reboco, cerâmica no piso dos cômodos, aplicação de massa, pintura no lado de dentro e textura na parte externa. O banheiro ficou amplo, recebeu adequação no sistema hidráulico, revestimento e instalação dos equipamentos hidrossanitários.

Durante a entrega da chave, Wison Mozzer, gerente de assistência em projetos e obras da Diretoria de Assistência Técnica (Diate), destacou a importância do subprograma: “Muitos da população do Distrito Federal não acreditam ser possível que aconteçam essas melhorias e desconhecem o programa. O desejo, desde o início, é que de alguma forma, o programa seja um instrumento bom na vida das pessoas. A gente encontra muitos empecilhos, mas o desejo de servir é maior. E a gente se esforça para que momentos como este se repitam cada vez mais”.

Dignidade e salubridade

Pelo trabalho de profissionais de assistência social, arquitetos e engenheiros da Codhab, são implementadas melhorias estruturais nas residências contempladas com o objetivo de assegurar a qualidade de vida e a segurança de cada família. De 2019 para cá, o GDF investiu aproximadamente R$ 4,8 milhões. 176 residências foram atendidas com obras de reforma ou reconstrução em três regiões: Estrutural, Sol Nascente e São Sebastião.

O Melhorias Habitacionais é direcionado às famílias com renda mensal de até três salários mínimos e moradoras do DF há pelo menos cinco anos em áreas próprias de interesse social regularizadas ou passíveis de regularização. Além disso, são critérios não possuir outro imóvel e apresentar problemas de salubridade ou segurança na residência.

*Com informações da Codhab-DF

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
GDF
Bio Caldo - Quit Alimentos
Canaã Telecom