Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display







IESB

404

Página não encontrada

Início

Ação também contou com onze cadastros para a doação de medula óssea

Foto: Divulgação/IMED

 A parceria entre o Hospital Estadual de Trindade (Hetrin) – unidade da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) - e o Hemocentro de Goiás, realizada recentemente na unidade, teve como principal foco o aumento nos estoques de sangue do Estado. No total, foram coletadas 57 bolsas sangue e realizados onze cadastros para doação de medula óssea.

 

 Esse tipo de ação é um ato voluntário de amor e solidariedade ao próximo, pois uma única bolsa de sangue de 450 ml pode ajudar até quatro pessoas. “A participação da comunidade e dos colaboradores foi de grande importância para alcançarmos esse resultado, juntos vamos conseguir ajudar muitas pessoas, agradecemos a todos que participaram”, relata Vânia Fernandes, diretora da unidade.

 

Para a autônoma Alessandra Brandão, que esteve no Hetrin e contribuiu com a campanha, doar sangue é doar vida. “Às vezes uma pessoa está precisando apenas da sua doação para conseguir viver. Precisamos ajudar mais quem precisa”, disse. A doadora, que já era cadastrada no Hemocentro, ficou sabendo da ação por meio das redes sociais e aproveitou a unidade na cidade para fazer sua contribuição.

 

Um estudo realizado pela farmacêutica Abbott, aponta que no Brasil apenas 19% da população doa sangue com regularidade, ou seja, uma vez por ano. Outros 23% doam sangue pontualmente, apenas quando algum familiar ou conhecido necessita, e 48% não tem o hábito de doar sangue.

 

Doação de medula óssea

 

Em 19 de setembro é comemorado o dia mundial do doador de medula óssea, data que reafirma a importância dessa ação. Segundo o Instituto Nacional do Câncer, o transplante de medula óssea é um tipo de tratamento proposto para algumas doenças que afetam as células do sangue, como as leucemias e os linfomas e consiste na substituição de uma medula óssea doente ou deficitária por células normais de medula óssea, com o objetivo de reconstituição de uma medula saudável. 

 

No Brasil, a doação e os transplantes são subsidiados pelo Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), que é o terceiro maior banco de doadores de medula óssea do mundo, coordenado pelo Inca do Ministério da Saúde. Segundo dados da Redome, Goiás possui atualmente mais de 230 mil doadores de medula óssea cadastrados. Só em 2022 foram realizados cerca de 190 transplantes entre não aparentados no país.

 

Para quem desejar contribuir com o Hemocentro fazendo a doação de sangue ou se cadastrando como doador de medula óssea o agendamento pode ser feito com antecedência em qualquer uma das unidades.

 

Assessoria de Comunicação do Hospital Estadual de Trindade (Hetrin)

Isabela Maione

isabela.maione@ecco.inf.br

 

Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA