Série online "Fazendas de Sucesso" oferece conhecimento gratuito a pecuaristas brasileiros

Evento será realizado em outubro pelo consultor em pecuária, Wagner Pires e convidados



“Se o pecuarista continuar fazendo as mesmas coisas, ele vai continuar obtendo sempre os mesmos resultados e, por vezes, cada vez menores”. Essa afirmação é de um dos maiores consultores de pecuária do Brasil e da América Latina, o engenheiro agrônomo Wagner Pires, que compartilhará os segredos de pecuaristas bem-sucedidos na série online e gratuita intitulada Fazendas de Sucesso, que será transmitida de 04 a 06 de outubro, às 20h.

Com especialização em pastagem pela Esalq/USP, e quase 40 anos de experiência prática, período em que ajudou mais de mil profissionais do setor a transformarem positivamente suas propriedades, Pires desenvolveu essa série online com o objetivo de esclarecer como é possível sair do vermelho ou triplicar o lucro na atividade, mesmo em tempos de altos custos de produção.

A série foi desenvolvida para auxiliar o produtor a encontrar soluções em diversas situações complexas da fazenda como, por exemplo, o de conseguir mão de obra qualificada no mercado de trabalho. Outra questão essencial que será abordada na série é sobre como o produtor pode ser mais estrategista em seu próprio negócio para construir um planejamento focado com o olhar mais empresarial, delegando questões que sejam mais operacionais.  

Além dessas abordagens, a série também vai oferecer caminhos eficientes e mais práticos no dia a dia dos negócios como combate às pragas e controle de plantas invasoras, correta divisão de pastagem, implementando o rotacionado, sem estressar o gado e estragar o capim.

Aliás, a série vai explicar como conseguir ter o capim o ano todo para alimentar o gado no período das águas e da seca com o diagnóstico correto de pastagem. O engenheiro agrônomo também vai compartilhar conhecimentos em fertirrigação e dividir com os produtores, como identificar a hora certa de comprar e vender o gado e aprender a lidar com os altos custos de produção.

O profissional que se identificar com alguma das questões acima poderá se inscrever, gratuitamente, pelo link: https://bit.ly/3LL8Ii9.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem