Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

Home Layout Display

Posts Title Display







IESB

404

Página não encontrada

Início

Evento será realizado de forma totalmente on-line no próximo dia 15 de setembro e promoverá uma troca de informações sobre vacinas autógenas e como os setores produtivos de aves, suínos e peixes podem se beneficiar delas



A FACTA promoverá de forma on-line no dia 15 de setembro o primeiro Simpósio de vacinas autógenas multi-espécies.  As vacinas autógenas, ou também chamadas ‘auto vacinas’, são produzidas com antígenos isolados na propriedade, inativados, sem risco algum de disseminar qualquer tipo de patógeno ao plantel.

O principal objetivo da agenda do evento, que é voltado a todos os atores da cadeia de produção de proteína animal envolvidos na sanidade, é trazer maior clareza para sobre as vacinas autógenas, desde o âmbito legal, até as questões práticas do dia a dia que levam o produtor a fazer a escolha por essa ferramenta.

O evento trará mais informações sobre o melhor momento para ser feito o uso das vacinas autógenas, qual agente deve ser usado, como se faz a escolha adequada de uma cepa de campo, como funciona o processo de produção, considerando desde a colheita do material até a entrega do produto final.

O Simpósio de vacinas autógenas aproveitará a experiência com as auto vacinas na avicultura, suinocultura e da piscicultura, mais especificamente para a produção de tilápias, para ampliar as informações para o setor avícola.  

O médico-veterinário e membro do corpo técnico da FACTA, Gustavo Schaefer, explica que o principal objetivo da agenda do evento é trazer maior clareza para toda a avicultura sobre as vacinas autógenas, desde o âmbito legal, até as questões práticas do dia a dia que levam o produtor a fazer a escolha por essa ferramenta. “O uso de vacinas autógenas ainda é pouco claro na avicultura brasileira, no sentido de: em que momento deve ser feito o uso, qual agente deve ser usado na vacina, como se faz a escolha adequada de uma cepa de campo, como funciona o processo de produção, considerando desde a colheita do material até a entrega do produto final. Por sua vez, para a suinocultura e piscicultura, mais especificamente para a produção de tilápias, já é uma ferramenta mais conhecida, porém, pouco discutida”, relata.

O Coordenador do Simpósio de vacinas autógenas, Paulo Martins, explica que na Europa elas já são amplamente usadas há pelo menos quarenta anos. “No Brasil elas já são utilizadas em suínos e em peixes, mais especificamente na produção de tilápias, porém, em avicultura ainda não”, relata. “Este é um dos motivos pelo qual este evento vai traçar um paralelo junto aos sistemas de produção destas duas outras espécies, promover uma ampla troca de informações, entender melhor como as auto vacinas funcionam e como a avicultura pode se beneficiar”, aponta.

Ele destaca também que essa tendência vem ao encontro da redução do uso de antimicrobianos de forma profilática, pois já é grande a pressão dos organismos internacionais e dos consumidores neste sentido. “Vamos trazer representantes do Ministério da Agricultura, inclusive para falar sobre a legislação atual para produção, comercialização e aplicação de vacinas autógenas e também para ouvir sugestões dos participantes”, diz.  “As palestras também abordarão temas ligados ao desenvolvimento da imunidade: como as vacinas autógenas estimulam o sistema imunológico, quais mecanismos celulares são ativados e qual a importância da transferência de anticorpos à progênie”, aponta.

O encontro, que contará com o apoio da Associação Brasileira dos Veterinários Especialistas em Suínos (ABRAVES) e da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), abordará ainda a legislação que rege a produção de vacinas autógenas, os aspectos técnicos e imunológicos envolvidos em seu uso em diferentes espécies animais e os cases de campo de uso dessa ferramenta.

As inscrições podem ser feitas pelo link:  https://simposioautogenas.facta.org.br/

Sobre a FACTA

A FACTA é uma organização civil sem fins lucrativos, fundada em 10 de agosto de 1989, a qual incorpora e amplia atividades técnicas e científicas. Tendo como foco principal o fomento e a difusão de novos conhecimentos e tecnologias aplicáveis ao desenvolvimento sustentável da avicultura, a FACTA atende seus objetivos realizando eventos de atualização técnica, aperfeiçoando mão de obra operacional e técnica por meio de cursos específicos, divulgando conhecimentos avícolas através de publicações especializadas e estimulando a evolução técnica, científica e tecnológica da atividade pela dotação de prêmios de estímulo.
Para mais informações acesse: www.facta.org.br.


Leave A Reply

DANNTEC ENGENHARIA