Dobradinha é prato típico nordestino que ganhou a mesa dos brasileiros

De acordo com a responsável técnica em nutrição do Fort Atacadista, Anne Shirley da Silva, o índice de proteína é de 19,8 em cada 100 gramas do alimento. “Está em 3º lugar como melhor fonte de proteína entre os demais “, aponta. Para se ter uma ideia, um ovo tem o índice de 6.


Muito presente na culinária nordestina, a dobradinha tem sua origem em Portugal, onde é bastante consumida. Tanto que o poeta português Fernando Pessoa eternizou a iguaria em seu poema “Dobrada à Moda Porto”. No Brasil já é conhecido em todas as regiões. O principal ingrediente é o bucho novinho, cozido em pequenos pedaços e seu preparo conta com diferentes versões. Uma comida que muitos ainda resistem em experimentar, a dobradinha é fonte de nutrientes essenciais para a saúde e pode ser o prato principal das refeições. O acompanhante perfeito é um bom vinho tinto.


O valor proteico da dobradinha chega a ser semelhante ao das carnes vermelhas. De acordo com a responsável técnica em nutrição do Fort Atacadista, Anne Shirley da Silva, o índice de proteína é de 19,8 em cada 100 gramas do alimento. “Está em terceiro lugar como melhor fonte de proteína entre os demais “, aponta. Para se ter uma ideia, um ovo tem o índice de 6.

 

Para quem busca uma dieta saudável, a dobradinha pode ser uma boa forma de variar o cardápio, já que cada 100 gramas correspondem a 127 calorias. Em termos de nutrição, a dobradinha é campeã. “Tem uma boa fonte de energia. Na sua composição tem proteínas, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, entre outros”, explica.

 

Com cozimento simples, o segredo das receitas que levam o bucho bovino está em sua preparação. “A melhor forma de preparar é ferver em água quente e depois deixar escorrer.  Para tirar o cheiro, vale deixar marinando no suco de limão por no mínimo duas horas”, afirma Anne Shirley. Temperos naturais como cebola, cheiro verde e tomates podem tornar a receita ainda mais saborosa.

 

Para combinar, outros ingredientes são perfeitos para tornar o prato ainda mais saboroso. A calabresa é o ingrediente mais conhecido, mas a dobradinha cai bem com grão de bico, feijão branco, fava e feitos apenas com variação de legumes. Há até quem se renda ao preparo dela como aperitivo, fazendo empanadas e fritas, ideiais para acompanhar com cerveja como opção diferente para agradar o paladar. O alimento é tão apreciado que possui uma data especial no calendário, 24 de outubro, Dia Internacional do Bucho.

 

Sobre a rede Fort Atacadista - Criada em 1999, com a abertura de sua primeira unidade na cidade de Joinville, em Santa Catarina, a rede Fort Atacadista é a bandeira de atacarejo do Grupo Pereira, um dos maiores varejistas de alimentos do Brasil. Com 51 unidades distribuídas nos estados de Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Goiás e no Distrito Federal, o Fort Atacadista se destaca pelos preços competitivos, pela excelência em produtos perecíveis e pela arquitetura moderna de suas lojas, que oferece layout planejado para facilitar a jornada de compra do cliente, além das facilidades de pagamento e benefícios oferecidos pelo Vuon Card, cartão de crédito próprio do grupo.

 

Fundado em 1962, em Santa Catarina, o Grupo Pereira é detentor ainda de redes de varejo alimentar, atacado de distribuição, farmácias e dois postos de combustível, além do braço financeiro Vuon e de logística Perlog. Com mais de 16 mil colaboradores, está presente nas regiões Sul, Centro-Oeste e Sudeste. Saiba mais em www.fortatacadista.com.br e www.grpereira.com.br.

 


Foto: sites Segredos de Comida e Cláudia

 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem