SES disponibiliza consultas e exames para prevenção do câncer de peleSES disponibiliza consultas e exames para prevenção do câncer de pele

Secretaria de Estado da Saúde apoia campanha Dezembro Laranja, que visa conscientizar população sobre a prevenção e tratamento do câncer de pele. Hospitais e policlínicas oferecem consultas e realização de procedimentos 



O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), oferece à população goiana, em diversos municípios estratégicos, a realização de consultas e exames dermatológicos para a prevenção e o tratamento do câncer de pele.

Este tipo de neoplasia, causada pela exposição excessiva aos raios ultravioletas, é a mais comum no país e no mundo.

Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam que, no Brasil, são notificados por ano cerca de 175 mil novos casos desse tipo de neoplasia.

No estado, a SES-GO estima que o ano de 2022 deve encerrar com o diagnóstico de 9.380 novos casos de câncer de pele não melanoma. Destes, 4.440 em homens e 4.940, em mulheres.

Tipos de câncer

O câncer é provocado pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Essas células se dispõem formando camadas e, de acordo com as que forem afetadas, são definidos os diferentes tipos de câncer. Os mais comuns são os carcinomas basocelulares e os espinocelulares. Mais raro e letal que os carcinomas, o melanoma é o tipo mais agressivo de câncer da pele.

Dezembro Laranja

O sol forte e o calor predominante em grande parte do país durante o verão representam um convite ao lazer, aos banhos de mar, em rios e piscinas e à realização de brincadeiras e de atividades esportivas ao ar livre.

Neste contexto, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBO) promove o Dezembro Laranja com o intuito de conscientizar a população sobre a necessidade de prevenção da doença.

A SES-GO apoia a realização da campanha, que neste ano aborda o tema “Não espere até sentir na pele”. O coordenador de Oncologia da Superintendência de Atenção Integral à Saúde da SES-GO, Paulo Henrique Silva Costa, destaca que a exposição solar excessiva, sem proteção, pode provocar alterações celulares, levando ao desenvolvimento da doença.

Ele acentua que estão mais propensas as pessoas de pele clara, que têm muitas pintas e manchas, pessoas idosas, com histórico da doença na família e aquelas que se expuseram muito à luz solar.

Consultas e procedimentos

Além de alertar e disponibilizar informações à população sobre a necessidade de adotar condutas preventivas ao surgimento do câncer de pele não melanoma, a SES-GO possibilita a realização de consultas com médicos dermatologistas em unidades hospitalares da capital e do interior e nas seis Policlínicas localizadas nos municípios de Posse, Goianésia, Quirinópolis, Formosa, cidade de Goiás e São Luís de Montes Belos.

Entre os hospitais localizados em Goiânia que têm atendimento em dermatologia estão o Hospital Estadual Dr. Alberto Rassi (HGG), Hospital Estadual de Dermatologia Sanitária Santa Marta (HDS) e Hospital Estadual de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad (HDT).

A SES-GO também disponibiliza a realização de procedimentos na capital e no interior, entre os quais Eletrocoagulação de Lesão Cutânea, Exerese de Tumor de Pele, Cisto Sebáceo e Lipoma.

Entre os meses de janeiro do ano passado a setembro deste ano, foram realizados 40.481 Eletrocoagulação de Lesão Cutânea em todo o Estado. No mesmo período foram efetivados 2.840 procedimentos de Exerese de Tumor de Pele, Cisto Sebáceo e Lipoma em pessoas residentes em vários municípios goianos.

Sintomas do câncer de pele

– Lesão na pele de aparência elevada e brilhante, translúcida, avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida, com crosta central e que sangra facilmente

– Pinta preta ou castanha que muda sua cor, textura, torna-se irregular nas bordas e cresce de tamanho

– Mancha ou ferida que não cicatriza, que continua a crescer apresentando coceira, crostas, erosões ou sangramento.

Prevenção

– Evite exposição prolongada ao sol entre 10h e 16h

– Use sempre proteção adequada como bonés ou chapéus de abas largas, óculos escuros, barraca e filtro solar com fator mínimo de proteção 15. Usar filtro solar apenas uma vez durante todo o dia não protege por longos períodos. É necessário reaplicá-lo a cada duas horas, durante a exposição solar. Mesmo filtros solares “à prova d’água” devem ser reaplicados

No trabalho ao ar livre

– Use sempre chapéus de abas largas, camisas de manga longa e calça comprida

– Use óculos escuros e protetor solar

– Procure lugares com sombra, quando possível


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Canaã Telecom