Cartilha "ABC do Agro" aborda conteúdo educativo para desmitificar o setor por meio da alfabetização

 Idealizado pelo Movimento Todos a Uma Só Voz, material educativo já está sendo usado nas escolas brasileiras



A educação como caminho para desmistificar o Agro. É por meio desse viés que o Movimento ‘Todos a Uma Só Voz’ desenvolveu a Cartilha “ABC do Agro”. Por meio das letras do alfabeto, a criança em idade de alfabetização, tem contato com as informações sobre o agro, produtores rurais e produtos oriundos do setor como forma de mostrar a importância da atividade econômica para a vida das pessoas.

“O objetivo é despertar, desde cedo, a admiração dos estudantes pelo Agro e produtores”, explica a coordenadora do Movimento ‘Todos a Uma Só Voz’, Isabel Araujo. De acordo com ela, um dos caminhos para levar conhecimento sobre o Agronegócio para a população é a escola, inserindo o tema na rotina das aulas como parte de disciplinas pertinentes, palestras e visitas ao campo, respeitando a grade curricular e as métricas de ensino de cada Estado.

A Cartilha nas escolas

Em Minas Gerais, por exemplo, o material educativo já está sendo usado. A especialista em educação Marilei Cristina de Araújo Cruz, supervisora do curso técnico de Agronegócio da Escola Estadual Padre José Antônio Pannucci, em Conceição da Aparecida, fez uma prática diferente na Semana do Profissional de Nível Técnico, que é proposto pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), no ano passado.

Marilei levou alguns alunos do curso técnico na Escola de Educação Infantil Tiradentes para que compartilhassem a cartilha “ABC do Agro” com as crianças em fase de alfabetização. “Foi uma experiência incrível. A cartilha é um material muito rico e robusto, valorizando o Agro para as futuras gerações”, avaliou Marilei.

A ideia ganhou força e a cartilha foi usada também por um colega da educadora, o professor de Geografia que, na aula sobre o clima, usou o material como uma das ferramentas para complementar o tema.

Ações educativas idealizadas pelo Movimento Todos a Uma Só Voz

Para Isabel Araujo, são infinitas as chances de conhecimento que podem ajudar a desmitificar o ideal enraizado na sociedade de que o agronegócio é o “vilão”, por exemplo. Neste sentido, o Movimento tem feito diversas ações que compartilham informações sobre o Agro com foco na educação infantil.

O “O Reino do Agrus” é um bom exemplo. Trata-se de um audiobook que narra o cotidiano dos personagens que vivem no reinado e as suas atividades para ajudar o povo com soluções que são originadas do Agro. A partir das narrativas, os personagens fomentam questionamentos do setor – e os seus desafios e perspectivas – de uma maneira saudável, lúdica e atrativa.

Por meio de estórias, o Agronegócio ganha protagonismo no audiobook e, desta forma, dialoga não só com as crianças, mas também com os pais, educadores, consumidores comuns. Todos os episódios estão disponíveis no link: https://todosaumasovoz.com.br/site/o-reino-de-agrus.

Outra iniciativa é o compêndio intitulado “O Agro para Estudantes”. Direcionado a professores e pais de todo o Brasil, é fruto da parceria entre o Movimento e a Federação Nacional das Escolas Particulares (FENEP).

O material lista em suas páginas 10 temas do agronegócio para tornar o ensino mais atrativo sobre o assunto. O compêndio tem, como base de produção, conteúdos desenvolvidos por dois importantes nomes do setor, os professores Xico Graziano e Marcos Fava Neves e leva às escolas do país temas de relevância, que ajudam a explicar a atuação e a importância do setor para as novas gerações. Este material, assim como a cartilha “ABC do Agro” podem ser acessados por meio desse link: https://todosaumasovoz.com.br/site/agro-na-escola/

Sobre o Todos a Uma Só Voz

Lançado oficialmente em fevereiro de 2021, conta com a ajuda de diversas associações, empresas e profissionais que trabalham unidos em prol de gerar e disseminar conhecimentos de boa qualidade e estimular a empatia da população urbana pelo campo e pelos produtores e produtoras.

O Movimento tem o apoio institucional da ESALQ/USP, FUNDAÇÃO DOM CABRAL, ABAG, ABAGRP, ABCC, ABIARROZ, ABIEC, ABISOLO, ABITRIGO, ABMRA, ABPA, ABRAFRUTAS, ABRALEITE, ABRASEL, AGRITECH – UFLA, AGROLIGADAS, AGROLINE, AGRORESET, AIPC, AMA BRASIL, ANDA, ANDAV, APROSOJA-RO, ASBRAM, CAPITALISMO CONSCIENTE, CECAFÉ, CESB, CIA DE ESTÁGIO, CICARNE, CONGRESSO DAS MULHERES, CROPLIFE, DE OLHO NO MATERIAL ESCOLAR, FENEP, IBA, IBRAHORT, LIGA DO AGRO, MULHERES DO BRASIL – COMITÊ AGRONEGÓCIOS, PECEGE, SAE BRASIL, SINDAN, SINDIRAÇÕES, SISTEMA OCB, SNA, YAMI 2022. Conta com o apoio comercial das empresas Attuale Comunicação, Coelho&Morello, Companhia de Estágios, Lamarca, RCom Eventos, RV Mondel, TrahLahLah.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Canaã Telecom